Anéis de falange.

postado por: ohcarol - 6 de maio de 2018

A moda que pegou!

Na Grécia Antiga, falange era o nome dado para o corpo de infantaria espartano e macedônio. Séculos depois, nos anos 30, esse termo foi utilizado na Espanha para denominar uma organização política inspirada no fascismo italiano. Já a anatomia – que é o que nos interessa aqui – explica que falange é cada um dos ossos que formam os dedos das mãos e dos pés. Essa parte superior dos dedos, antes esquecida ou indiferente para o universo da Moda, ganhou destaque após uma grife internacional decidir ornamentá-la. O ano? 2013. A marca? Chanel, é claro. Assim que os anéis de falange aparecerem na passarela da maison francesa, tornaram-se item-desejo e must-have dos fashionistas. E de lá para cá, os acessórios nunca mais saíram de circulação.

E não é à toa! Versátil, o anel de falange pode ser usado de diferentes maneiras – sozinho, vários na mesma mão ou no mesmo dedo – e por diversos estilos. Como é utilizado acima das articulações, os acessórios são menores e mais finos para não incomodarem e não atrapalharem a movimentação dos dedos. Conhecido nos países de língua inglesa como midi ring, o mais bacana é que ele chama a atenção para essa região de forma sutil e charmosa. Esses anéis geralmente enfeitam os dedos centrais – indicador, médio e anelar – e existem boatos que explicam a permanência desse item por tanto tempo no universo da Moda: o mundo da Beleza! Exatamente. Como a peça destaca a região das unhas, ela acaba complementando nail arts e manicures impecáveis.

Senta que lá vem história!

           Embora seja a responsável pela popularização da tendência, os anéis de falange não foram invenções da Chanel. Retratos e pinturas dos séculos 15 e 16 provam que, já naquela época, homens e mulheres usavam esses acessórios acima das articulações, principalmente para demonstrar classe social. Afinal, é impossível qualquer tipo de trabalho manual utilizando essas joias. Por isso, o uso desse tipo de joia foi exclusivamente da Aristocracia. Um exemplo disso é o quadro Portrait of a Woman, do artista Bernhard Strigel, pintado entre os anos 1460 e 1528 na Alemanha. A obra faz parte do acervo e está em exposição no Museu de Arte Metropolitana em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Como usar?

Como os anéis de falange já costumam ser mais finos e discretos, o que vai mudar entre uma ocasião e outra é o material, a cor e o modelo que melhor combina com cada estilo. A regra de ouro é sempre manter o equilíbrio – principalmente com os outros acessórios que estão sendo usados – e casar a trindade com produções certeiras para cada situação. Mas vale ressaltar: eles combinam com tudo! Os anéis midi são democráticos e podem acompanhar a rotina – do despertar até à noite – de homens e mulheres desde looks mais descontraídos até sociais, do cinema ao escritório.

Sozinho. Sim, você pode usar o anel de falange de forma única, ali, perto da sua articulação, bem no meio do dedo. Se você comparar com uma peça tradicional, o midi se torna muito mais interessante e adiciona mais informação para o visual. Além de utilizá-lo sozinho, você pode combiná-lo com um anel grande – maxi, é a nomenclatura comumente utilizada para descrever essas joias maiores – de pedra, por exemplo, em dedos diferentes ou no mesmo. O resultado é minimal e muito elegante.

Vários. Na mesma mão ou no mesmo dedo. Afinal, quanto mais anéis você usa, mais forte é a percepção de sua personalidade e de seu estilo. As mais ousadas – ou já graduadas no uso dos acessórios – podem brincar com formas e cores, misturando metais, por exemplo. Essa é uma forma moderna de se explorar tendência de mix de anéis. Na verdade, o próprio mercado está empenhado na criação de peças que combinam entre si de diferentes formas. Afinal, quando o item é mais fino você tem mais possibilidades: adicionando mais anéis, quando procura por um look mais chamativo, ou diminuindo, quando o ambiente ou a ocasião pede mais discrição. E o mais legal: nenhuma combinação é igual à outra. Então, o mix de anéis é ainda uma forma de explorar a sua personalidade.

E claro, significações!

O anel pode trazer consigo diferentes significações como união, atitude, poder, profissão, estado civil e riqueza. Historicamente, foi muito usado com o intuito de proteção. Mas, dessa vez, vamos falar de símbolos. Afinal, embora existam os modelos lisos, os anéis de falange geralmente vêm acompanhados de detalhes. Como a Árvore da Vida, por exemplo, associada à criação do universo e ao início da civilização. As penas, presente sozinhas ou em cocares, representam o elemento ar e são usadas como amuletos contra energias negativas. Já as flechas podem ter inúmeras significações: abertura, conquista, ruptura, destino, conhecimento e defesa.

Cheia de significados também é a cruz. Mais reconhecida como símbolo da fé cristã, ela representa, na maioria das culturas, a boa sorte de quem a carrega. A estrela, por sua vez, é associada ao céu, à luz, ao equilíbrio e à sabedoria. O desenho de uma mandala simboliza o universo e a procura pela paz interior. Corações são universalmente aceitos como amor e romantismo, é claro. E já pensou em um anel de onda? Não são só surfistas e pessoas apaixonadas por praias que usariam o símbolo. Ainda, ele traz consigo toda a potência da natureza, seu poder e sua capacidade de mudanças. Já flores representam exatamente aquilo que elas são: belas, sensíveis e harmoniosas. Sem contar a forte ligação com o ciclo da vida, já que caem no Outono e florescem na Primavera.

E mais, você sabia que a tartaruga é símbolo do conhecimento, concentração e sabedoria (esta última é uma referência ao tempo de vida desses animais)? Ela também faz alusão – junto com os crocodilos e dragões – ao feminino e ao masculino. Suas patas, bem firmes ao chão, representam ainda quatro colunas que sustentam o universo, o céu e a terra: o casco. E por fim, por que não investir em anéis com frases? Algumas celebridades estão usando modelos com nomes de seus filhos, como a atriz Carolina Dieckmann. Outra idéia é se inspirar naquele filme da infância, que faz o coração bater mais forte. Como o Rei Leão e os dizeres hakuna matata, é lindo dizer, que os seus problemas você deve esquecer. Se joga!

Promoções
e Novidades

Receba no seu email, todas as ultimas novidadas e tendências em jóias.