Sonhos com joias…

postado por: Time Ohcarol - 28 de março de 2019

Eis os significados!

Derivado do latim somnium, sonho é um substantivo masculino que pode ser definido como um conjunto de ideias ou de imagens que se apresentam ao espírito durante o sono. O ato de sonhar é muito mais do que uma manifestação do inconsciente, ele é motivo de curiosidade desde a Antiguidade. Se na pré-história era visto como premonição, hoje – por meio de incontáveis estudos e pesquisas envolvendo eletroencefalogramas, tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas -alguns cientistas acreditam que sonhar é uma espécie de ferramenta evolutiva usada para ensaiar o futuro e preparar o corpo para diferentes reações.

 

Se de uma lado há uma busca incessante por explicações baseadas em lógica e racionalidade, existe também um flerte com as significações e o misticismo. Afinal, quem nunca acordou e ficou com chamada “pulga atrás da orelha” por causa de um sonho (ou parte dele). Estudiosos do mundo onírico possuem justificativas para – sem brincadeira – quase tudo o que pode “acontecer” e/ou aparecer durante o período de descanso. De ideias mais gerais como “joias” até às mais específicas como “prata” ou “ouro”.

 

Apareceu uma joia no seu sonho?

 

Desde a Antiguidade, as joias são vistas como objetos valiosos, dignos de reis e faraós. Símbolos de poder e riquezas, foram durante muito tempo associadas às classes mais ricas, o que era indicativo de status social. Essa construção de imagem se fez presente ao decorrer da história e não é nenhuma surpresa que o inconsciente faça associações parecidas no momento de descanso. Alguns estudiosos oníricos acreditam que joias são sinônimos de ótimas novidades, principalmente no quesito de finanças.

Mas não é só isso: é preciso entender o contexto. Quanto mais detalhes, mais passível um sonhos é de análise. Por exemplo, se você herdou – no mundo onírico, claro – uma peça, pode ser indicativo de algo muito bom está por vir. Outro cenário possível é o de compra. Neste caso, seus negócios estão indo bem e a maré é propícia para novas oportunidades. Mas e se a situação for de perda? Aí, caro leitor, é bem positivo. É sinal de que uma nova paixão, relacionamento está a caminho.

 

Diga me que joia eras, e te direi o que és

 

Cientistas afirmam que uma pessoa é capaz de se  lembrar de um sonho – por mais nonsense que ele seja – se for acordada durante o estágio chamado REM. Neste caso, algumas especificidades da joia sonhada também podem passar por significações. Para os especialistas, uma peça prateada, por exemplo, é usada como alerta para que não se sofra por antecipação e não se torne refém da própria imaginação. Já uma dourada é presságio de que um grande problema está por vir, mas que tudo ficará bem no final, mesmo após chateações.

 

Embora as matérias-primas e as situações envolvendo os sonhos com joias até aqui sejam bem específicos, ainda é possível deixar tudo muito mais claro (nos mínimos detalhes!). Um brinco? Um colar? Uma pulseira? Um anel? Cada tipo de acessório carrega consigo uma significação diferente. E o inverso também é verdade. Muitas joias em um sonho? No maior estilo inshalá? Vazio. Isso mesmo. Para os estudiosos, essa é uma forma do inconsciente avisar que um indivíduo está tentando substituir algo com bens materiais.

 

Os brincos

Estão muito mais ligados à personalidade de quem sonha com eles do que com o destino que está por vir. Os brincos podem ser interpretados de forma positiva e querem dizer que a personalidade do sonhador é ativa e que a vida é próspera. Se for de ouro, quer dizer que possui força para resolver os desafios. Peças de prata estão ligadas a longevidade. Já as pérolas pedem uma pausa na rotina e um momento de reflexão. Os brincos são máxi? Sinal de sucesso na vida. Já os minimalistas demonstram que a pessoa está rodeada de boas energias, alegrias e paz.

 

Colares

 

Eles representam, no mundo onírico, uma necessidade de reflexão, de se prestar atenção aos sentimentos e às emoções. Quando o colar é destaque de um sonho, ele pode ter conotações positivas, como sorte no amor. Se ele estiver quebrado ou rompido, pode ser indicativo de possíveis desentendimentos, e partir para o negativo. Nesta categoria, o contexto tem grande valor, o gênero do usuário do acessório na história também. Uma mulher é sinal de paixão. Já um homem, são dívidas.

 

Pulseiras

 

Vai depender do braço que está usando o acessório. Não, não é esquerdo ou direito, mas eu, tu e eles. Ou seja, se a pulseira é do sonhador, é amor à vista. No braço de outro, pode ser interpretado como melhoria na carreira, ou ainda, um novo emprego. Na ausência de alguém vestindo, é sorte! Nas relações pessoais, nos jogos e nos negócios. Bom, né? Só não é bacana sonhar que perdeu a peça. Aí, é indicativo de que uma situação constrangedora está por vir.

 

Os anéis

 

Esses acessórios carregam inúmeras significações já no plano real. Não é de se estranhar que, no sonhos, eles tragam diferentes interpretações e que variam de acordo com contexto, cenário ou portador. De forma geral, consciente ou inconsciente, um anel é símbolo de lealdade e de compromisso. É um elo entre o portador e a pessoa querida, entre ideias ou convicções. Essa definição mais genérica vai bem, principalmente, com aqueles que não se lembram exatamente dos detalhes sonhados, mas que a peça esteve lá e em destaque em algum momento.

 

Anéis de noivado, alianças e solitários representam basicamente a mesma coisa do mundo real: amor. Em geral, eles (os anéis) costumam aparecer quando está em jogo sentimentos verdadeiros e lealdade, seja entre casal, amigos, família ou trabalho. Existem dois cenários principais em que a aparição de um anel pode trazer significações negativas: quando ele está quebrado ou é perdido durante o sonho. No primeiro caso, pode indicar traição. No segundo, mágoas. Seja por meio de um término ou de brigas.

 

 

 

 

 

Promoções
e Novidades

Receba no seu email, todas as ultimas novidadas e tendências em jóias.