Frete Fixo
R$14,90
Entrega
em todo o brasil
Frete Grátis
acima de R$199
Parcelamento
em até 3x
Atendimento
via WhatsApp

Colar Ponto de Luz

            Do italiano punto luce que na joalheria significa pequeno brilho, as joias conhecidas como ponto de luz são velhas conhecidas das mulheres e são consideradas as peças mais democráticas do universo da moda. E não é á toa, embora as mais comuns sejam os colares, é possível encontrar brincos, pulseiras, anéis e broches com este estilo. Por falar nisso, essas peças transitam bem em todos os períodos e ocasiões.

A característica versátil desses acessórios faz ainda com que eles sejam práticos e verdadeiros coringas para se ter sempre à mão, ou no porta-joias, como preferir. Afinal, esses pequenos brilhos podem ser usados sozinhos ou em combinações com outras peças, das petit até as máxi. E vale ressaltar: os pontos de luz até são considerados minimalistas, mas nunca são indiferentes. E dificilmente pesam no visual.

 

A pedra mais comum das peças ponto de luz são as transparentes e incolores como o cristal, a zircônia e o diamante. Mas, se a ideia é dar um toque de brilho para a produção, nada impede o uso das gemas coloridas. Depnedendo de seu polimento, podem proporcionar bastante e até mais reflexo. Porém, lembre-se: uma joia ponto de luz é aquela em que a pequena pedra se destaca, e não o metal ou o seu design. Essa variação da forma pode acontecer principalmente quando o assunto é colar. Afinal, dentro dessa categoria existe uma infinidade de modelos, das tradicionais correntes até as chamadas colares gravatinha, que unem uma volta mais rente ao pescoço, como um choker, a um fio mais comprido que cai pelo colo. Reza a lenda que antigamente as mulheres acreditavam que o uso do colar ponto de luz concedia uma proteção extra no dia-a-dia.

 

Esse clássico da joalheria nunca saiu de moda e é sempre revisitado no cenário fashion atual. Hoje em dia, it-girls e celebridades mundo afora gostam de incluir a peça em composições, formado um mix de joias. No pescoço, nos pulsos, nos dedos e até mesmo nas orelhas. Todos os locais permitem a tendência que dá um toque moderno e casual para o visual. Em todos os acessórios, o único cuidado – ou truque certeiro – é escolher peças com tonalidades parecidas, no metal ou nas pedras, para que exista um equilíbrio e para que o resultado final não fique pesado. Vale, inclusive, combinar joias que possuam a mesma temática. Com formato ou símbolos que remetam à natureza, por exemplo, ou o fundo do mar.

 

No pescoço, invista em colares de comprimentos e modelos diferentes. Nos braços, vale apostar em pulseiras de espessuras finas e grossas combinadas inclusive com braceletes. Já nas mãos, um mix de anéis de respeito inclui peças até nas falanges. Em todos os casos, a regra número 1 é o conforto. Não adianta usar e abusar da tendência se ela incomodar, pesar ou não combinar com o estilo do usuário. Como são responsáveis por modernizar a produção, o mix de acessórios é mais indicado para momentos de descontração ou ambientes que permitam um dress code mais casual. Para as ocasiões mais formais, o solitário ponto de luz já segura todo o visual. Mas, se combinado com uma peça statement, torna-se um premiado coadjuvante.

Gênero

Banho